18 março 2012

Caminho Suspenso



Ao nos lançarmos, a única coisa que temos em mão é um planejamento, porque só vamos saber como será fazendo. Só na arena e com a resposta direta do público é que estamos intervindo no espaço.
E você tem das pessoas...
A entrega, quando ouve “eita, perdi meu ônibus”.
Limitação em como se percebe o mundo ou talvez se defenda nele “Oxe! E ta que nem criança?!”
Medo e ainda na defesa “espero que não venha pra cima de mim”
E ver também que não faz a menor diferença você estar ali, como um motorista ao tirar o carro do estacionamento que simplesmente te ignora. E todos congelam, para dar passagem e continuar invisível, mas mesmo assim intervindo.
Não existe ensaio, cena. É apenas um instante, uma ação, apenas um momento efêmero.
Motivações diferentes entre o artista e o homem, entre inércia e ação, entre política ou não.
Muito, prazer! Eu faço ARTE!

Um comentário:

A Outra Companhia de Teatro disse...

Olá Cia do Chapéu,
Como vai?

Sou Roquildes Junior, ator e produtor d'A Outra Companhia de Teatro (Salvador - BA) e entro em contato contigo por indicação de Fernando Arthur. Perdão por invadir esse post, mas não estou conseguindo os contatos de vocês. É o seguinte: o meu grupo está realizando um projeto de memoria acerca do teatro nordestino chamado Memorial de Artes Cênicas. Este projeto consiste na construção de um site que abrigue perfis de artista, pesquisadores, técnicos e produtores nordestinos importantes para a construção da história das artes cênicas em seus respectivos estados. Desta forma, gostaríamos de solicitar seus contatos (email e telefone) bem como um currículo para construção de um perfil seu no site, visto que os perfis serão baseados nos currículos e em dados obtidos através de entrevistas presenciais (quando possível) ou por email.
Aproveito e mando já meus contatos: (71) 9222-6521 / aoutra@gmail.com
Grato desde já,
Abrs,

Roquildes Junior
A Outra Companhia de Teatro