04 junho 2006

SE SEGURA

Quantas impressões digitais cabem na barra de um ônibus
Quantas mãos grudentas, gordas ou calejadas
Quantas mãos bobas, lisas ou apressadas
Quanta gente segura onde não deve...
aperta o que não é seguro e
apalpa o que está duro
?

2 comentários:

PABLO disse...

ARAAZOU!!!

Chico disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

perguntas difíceis de respoder.
o engraçado disso é que tocamos indiretamente a mão de milhares de pessoas todos os dias sem nos dar conta. a diferença é a companhia do chapéu resolveu se mostrar nesse universo invisível de impressões digitais superpostas.

definitivamente, o que olhos não vêem o corpo todo não sente...

=****